quarta-feira, setembro 24, 2008

Uma mascara.

Não quero mais saber desse "quero e não quero";
Têm horas que me sinto um pierrot;
Mas agora estou me sentindo um Arlequim;
"O malvado" da história, quem? Eu!

Me afasto por uma amizade;
Ou deixo de ser Arlequim por uma paixão?
Não, já disse que eu não vou mudar;
Você é quem sabe, Colombina;
Quero sua felicidade.

Uma amizade por um coração;
Troca justa!
Eu como Arlequim, estou acostumado com isso;
"Objeto direto" de desejo das Colombinas, bailarinas, trapezistas;
Que sempre matam o desejo e depois correm pra paixão.

É, é melhor assim;
Mata esse teu desejo de Arlequim;
E corre pra essa tua paixão de Pierrot.

(Diego G. Ferrão)

5 comentários:

Zé Gabriel F. disse...

Todos nós temos o lado sonhador e cauteloso e o lado "mal" e impulsivo...
Bem-aventurado é o homem que vive em harmonia com os dois lados...

Este homem,meu caro, nao existe!

Belo Poema

Danyel de Argolo Cardoso disse...

"É, é melhor assim;
Mata esse teu desejo de Arlequim;
E corre pra essa tua paixão de Pierrot"


Por um momento, eu pensei que tivesse perdido a chance da rima...

MAs não, o final nã seria tão triunfante...

Maria Moreno disse...

Adoreei, a cada dia que passa, vc fika mais especial*

BeijOO palhacinho.

CArina CAmila disse...

Tive que concordar com o Gabriel...

"Bem-aventurado é o homem que vive em harmonia com os dois lados..."

Bela idéia 2º amor!
genial..

Miss Butterfly εїз disse...

Amores de carnaval ^^

Adoro essas figuras sempre me parecem poéticas !