segunda-feira, janeiro 29, 2007

Minha Terra.

Sou filho dessa pátria amada e idolatrada,
Gigante pela própria natureza,
Onde as raças se misturão,Onde em meio de tanta corrupção política;
O povo sempre arruma uma forma de sorrir.

Sou filho dessa terra cheia de magia, cheia de alegria,
Onde o Capital é Inicial;
Onde o Paralama é do Sucesso;
Onde o se mistura o Chiclete com a Banana.
Moro na terra do Mestre Cartola;
Sou do Rio de Janeiro;
Sou da Bahia de Todos os Santos;
Sou do Sertão do Ceará;

Sou dessa pátria de filhos guerreiros;
Que não desistem nunca;
Sou dessa terra de ninguem, e ao mesmo tempo "Terra de Todos";
Sou da terra de Chico Buarque;
Sou da terra do Camelo e do Amarante;
Sou lucidamente louco por esse país;
Sou da terra de Luiz Inácio "Lula" da Silva;
Eu sou do Brasil.
(Diego G. Ferrão)

3 comentários:

Milene Maciel disse...

" Sou dessa terra de ninguem, e ao mesmo tempo "Terra de Todos";Sou da terra de Chico Buarque;Sou da terra do Camelo e do Amarante;Sou lucidamente louco por esse país"

Olhaaaa !
Mtoo mto mto bom!

Interessante...
Com boas colocações!
Adoreii!
=D

Tava na hora de atualizar né?! =pp

Beijãoo Diegooo!

Te adoroo!
=)

Mentes no Caos disse...

Pow Genalidade poética!!!
muito foda...
Minha terra tem palmeiras,onde canta o sabiá!!!!
legallegal..
blz mano
foda
fuizzzz

Danyel de Argolo Cardoso disse...

Já havia lido este...

Só não tive a oportunidade de comentar...

Mas agora to aqui...

Muito bom mesmo... Compararia a um "Manifesto de um Brasileiro esperançoso.."